segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Às caladas



I

E o dia incoa: quanto mais a gente aparece, mais invisível a gente fica. Fitando a rua pela janela, vejo a padaria e o açougue ainda fechados. Cinco horas da manhã e a lua negocia a troca com o sol. Ainda assim existe o instante lua-e-sol posto em contato no céu de ajustes.

II

Sempre ouvi dizer que a hora mais escura da noite é antes do amanhecer. "The night is always darkest before the dawn" dá uma boa tatuagem perto da coluna vertebral, em inglês, o idioma que é das tatuagens mas não fala a língua delas. Fica caro de pagar, mas caro de gostar. Sou desajeitado com essas coisas, mas não sou sem jeito. Tem diferença, não tem?

III

A padaria e o açougue destapam-se. São os mesmos bêbados recitando clichês que aborrecem os laboriosos matutinos. Segunda-feira é sempre o começo-do-fim. Primeira-feira deveria ser domingo, mas primeira-feira seria um outro dia. Primeira-feira seria de primeira e o dia mais útil da semana. Ao invés de preguiçarmos em casa, vadiaríamos no bar e ninguém nos barraria.

IV

Fervo o leite pra comer com o pão fresco. Manteiga cor do sol que troca de turno com a lua. O aroma da nata quase queimada faz lembrar o fogão a lenha lá de casa. Há grande diferença entre minha casa, onde moro e aonde quero ir. Aonde vou é o lugar que fica grudado no fundo do canecão quando deixo o leite esquentar demais.

V

Na cidade sem estrelas, já são seis da madrugada. A gente não devia limitar a madrugada-manhã. Quando uma começa? Quando a outra termina? A que horas amanhece? A que horas desmadruga? Seis é a hora que queimo a língua com o leite. O que sucede dói sempre que acontece. A consequência é você.

VI

Madrugada-manhã é aquela hora em que você vem me ver pra tomar um café com leite queimado e manteiga solar enquanto a padaria e o açougue abrem depois da hora mais escura do dia da primeira-feira de todo dia.

4 comentários:

  1. Madrugando pra escrever, né? Faz muito bem! Fantástico!

    ResponderExcluir
  2. " A gente não devia limitar a madrugada-manhã. Quando uma começa? Quando a outra termina? A que horas amanhece? A que horas desmadruga?" <3

    Como sempre, fico lendo e relendo seus posts só pra não esquecer nunca que você é boa demais em todas as vezes.

    <3

    ResponderExcluir
  3. Bruna, AMEI esse! Um dia quero poder chegar num nível pra poder escrever algo nesse estilo, quando conseguir estarei satisfeito. E com Florence não tem como não ficar perfeito...

    ResponderExcluir
  4. Muito boa! O tipo de coisa que, bem divido assim, te prende.

    ResponderExcluir

Caixa de sentimentos. Expresse-se.